Blog         Instagram   Facebook    Twitter   Youtube
https://www.instagram.com/minhocariodepalavras/
 
Sandra Fayad Bsb
Proseando em Versos no Minhocário de Palavras
Textos
XEPA
(por Sandra Fayad)
 
Passa na minha rua o caminhão
- Banana, abóbora, melancia...
Microfone em uma das mãos
A outra na direção, vai parando
Aqui e ali com sua carga de Xepas.
 
Passa o jornaleiro, que já é raro,
Aponta para a folha desbotada
Com letras impressas em azul claro
Pede desculpas ao assinante
Que reclama da Xepa com avaro.
 
Passam e passam na fila de vacinação
Velhos e outros pacientes vulneráveis
Noutra fila passam jovens esperançosos
Com rezas por tempos mais favoráveis
E olhos na Xepa que sobrará dos idosos.
 
Nas voltas que a vida dá
Ser Xepado é que está na moda.
Quem diria que um dia
Uma agulhada no braço
Seria prêmio de loteria?
 
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 27/03/2021
Alterado em 27/03/2021
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Site do Escritor criado por Recanto das Letras