Blog         Instagram   Facebook    Twitter   Youtube
https://www.instagram.com/minhocariodepalavras/
 
Sandra Fayad Bsb
Proseando em Versos no Minhocário de Palavras
Meu Diário
25/10/2021 22h50
Mais um dia na vida de Lippia Alba

Lippia Alba está assustada. A personagem principal da peça comunicou decisões enlouquecidas. Não sabe que metade do dinheiro emprestado a ela era da própria Lippia Alba. Não sabe o que fazer para se equilibrar no salto alto que acaba de receber. Retomou a trajetória anterior. Ficou arrogante, meteu os pés pelas mãos diante da perspectiva de ganhos extraordinários. Anunciou decisões que provalvemente não conseguirá executar. Está falando consigo mesma que vai mudar, se mudar, fazer e acontecer. Totalmente descompensada, descompassada, desorganizada internamente. Vai de oito a oitenta em segundos. Muda o tom e a frequência da voz. Diante do personagem coadiuvante, é uma atriz de posição arrogante, agressiva, sem paciência, repelente. Distante volta a adolescência, age com extrema insegurança e fragilidade. Fecha-se em copas, às vezes. Não consegue dialogar. Acusa! Se sua posição instável é percebida, discursa e retira-se para não ouvir réplicas.Lippia Alba sabe que são ropantes, mas mesmo assim não consegue ficar imune. Os vários personagens saídos de dentro da atriz estão ficando cada dia mais assustadores. Crescem! Todos os dias oscilam. Os textos e áudios não deixam dúvidas. A estabilidade está em risco. O perigo é iminente. Que surja um bom psiquiatra na cena do imbrólio. Que seja desmanchado esse cenário do absurdo, antes que o absurdo cegue, ensurdeça e ...

 

 

o palco desabe. 

 

 

Publicado por Sandra Fayad Bsb
em 25/10/2021 às 22h50
Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Site do Escritor criado por Recanto das Letras