Sandra Fayad Bsb
Proseando em versos
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos


EU, IMPREVISÍVEL?
Por Sandra Fayad

Sou
muito mais que previsível.
Nasce de quase nada e cresce,
dia a dia, dentro de mim
o amor puro, desinteressado.
Vira poesia, flores, balas de festim.
Por uma derrapada tua qualquer,
mingua, dia a dia, dentro de mim
o amor puro, desinteressado...
Vira lenda, pedras, barraquim.
Não sou imprevisível.
Sou como o matador de aluguel.
Mato-te aos poucos dentro de mim
sem a emoção da saudade.
Sou sensível ao teu deboche.
Sou cruel à tua maldade.
Bsb, 18-12-2017

Bsb, 18-12-2017
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 18/12/2017
Alterado em 19/08/2018

Música: Molequinho Malcriado - Helena Meirelles

Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários