https://www.facebook.com/vovisster
https://twitter.com/sandrafayad
https://www.youtube.com/user/sandrafayad1
http://horizontesdapoesia.ning.com/profile/SandraFayad


 
Sandra Fayad Bsb
Proseando em versos
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Meu Diário
18/07/2016 11h05
Poetas Amigos 8

***85.  Brasigóis Felício é poeta, escritor, jornalista e crítico de arte. Publicou mais de cinquenta livros nos gêneros conto, romance, poesia, crônica e crítica literária. É membro da Academia Goiana de Letras (cadeira 25), do Instituto Histórico e Geográfico do Estado de Goiás e sócio-correspondente do Instituto Histórico e Geográfico do Rio Grande do Norte. É detentor de dezenas de premiações literárias, em nível regional e nacional. Integra antologias de poesia, conto e romance, publicadas no Brasil. No facebook administra a página Vida e Literatura (https://www.facebook.com/groups/1400204433592001/ ),  participando também de outros grupos de divulgação literária. Sua página pessoal é: https://www.facebook.com/brasigoisfelicio

"A jaca já caiu":
Não escapa da faca
nem que a vaca tussa
- nem se for esborrachar

em Jacareacanga.

 

Mar demais

O que dói mais?
Amar demais,
ou de menos?

Havendo mar
de mais,
ou de menos, 
jamais estaremos
plenos.

(Brasigóis Felício)

***86. Mardi Elena Espindola, natural de Santa Maria, RS, em 03 09 1943. Reside atualmente no interior do Rio Grande do Sul, Restinga Sêca - Terra de IBERE CAMARGO. Apaixonada por livros desde muito pequena, seu principal passa tempo é escrever. Participou de: Revista Digital Antologia Logos de Portugal;
do concurso da Maturidade; Letras Santiaguenses- Santiago (RS); algumas peças de teatro na comunidade; curso básico em técnicas especiais de Artesanato- SENAI; Artesanato em Pinturas de tecido, madeira, vidros. Participou também do curso de extensão em Teatro realizado pelo Projeto Rondon, da Universidade de Taubaté; pela ASTINGA, teve participação em quatro Curtas, todos gravados em Restinga Sêca, onde concorreram e conquistaram a premiação de primeiro lugar em nível regional,estadual e nacional; e no Festival de Curtas VENTO NORTE em Santa Maria com as peças: Farsa Sêca, A História de Ademar Manuzo, Buraco Fundo, O Homem Arroz. É membro efetivo fundador da Academia de Artes , Ciências e Letras Cordorcet Aranha, com sede em Restinga Sêca (RS), Cadeira número 32 (Patronesse Cora Coralina);

***87. PROF. PAULO DE MATOS FERREIRA DINIZ  -                    

Professor titular dos Cursos Livres de Ensino Continuado Prof. PaulODiniz, Advogado. Conferencista. Consultor Jurídico/Organizacional, Titular das Cadeiras nº 01 BSB/DF, da Academia Mundial de Direito Internacional - AMUNDI, nº 12- do Acadêmico Imortal, Leon Frejda  Szklarowsky (falecido, mas o seu nome  continuará nominando a  respectiva cadeira) , tendo  como patrono Prof. Dr. João da Rocha Moreira (seu sogro), possui o  título de Decano pela Universidade Católica de Brasília. Autor de várias obras de Direito Comercial, Constitucional, Financeiro e Administrativo, especificadamente a Lei nº 8.112/90, Comentada, Revisada 9ª edição, 2006, Previdência Social do Servidor Público- Tudo o que você precisa saber - Aspectos teóricos e práticos juntos, 1ª edição 2005, Legislação de Pessoal do Distrito Federal, em CD, atualizada até 2008, todas da Editora Brasília Jurídica e  Previdência Social do Servidor Público- Tudo o que você precisa saber - Aspectos teóricos e práticos juntos, 2ª edição 2008, Lúmen Júris/Editora, Rio de Janeiro, RJ, e Lei nº 8.112/90, Comentada, Revisada, Ed. Módulo,10ª edição, 2009, hoje na 11ª Edição, mesma Editora Módulo 2013.Tive o privilégio de ter  estruturado  e  sido o primeiro Professor da disciplina de Administração Pública para o Curso de Formação da Carreira Diplomática, no Itamarati. Autor de alguns ensaios literário publicados nas I e II ANTOLOGIA DA ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL/DF, EDIÇÃO 2011/2014 e na  COLETÂNIA OS LIVROS QUE MUDARAM O MUNDO E OUTRAS INSPIRAÇÕES.ORG. ELIAS DAHER JÚNIOR/ 2013. (EDITORAÇÃO: CURSOS LIVRES DE ENSINO CONTINUADO PROF. PAULODINIZ- MUNTIMÍDIA, E EM CD,   12º EDIÇÃO 2016- NO PRELO.BRASÍLIA). Mais:  www.profpaulodinizcursos.pro.br 

***88. André Luiz Gonçalves da Rocha conhecido como André Rocha, é brasiliense de corpo, alma e RG! Otimista por natureza, cristão por fé, professor por opção e formação e tecnólogo por paixão. Nascido em 12 de agosto, dia das artes, e como qualquer brasileiro, personifica a vontade de pintar uma obra prima ilustrando sempre um dia melhor que o outro. Também como qualquer brasileiro, um atleta a driblar tudo e todos que competem contra sua felicidade e dos que lhe são queridos. Filho de Geralda e Adão, casado com Vanessa, pai da Larissa e do André Luiz Filho, além de faz­de­tudo­um­pouco nas horas de folga. Nas linhas tortas de rimas pobres, alimenta­se de quase todos sentimentos em versos. Escreve desde a adolescência e nestes mais de vinte anos, se os versos estão melhores ou piores ele não saberá, pois mesmo quando o filho é feio, aos olhos do seu pai será sempre lindo! Primeiro por necessidade e depois por confiança no sistema, estudou todo o ensino fundamental e médio em escolas públicas da Ceilândia, formado professor (Magistério) na  Escola Normal de Ceilândia ­ ENC, depois Pedagogia no UniCEUB e Especialização em Códigos e Linguagens pela Universidade de  Brasília. Desde 1997 é servidor público da Secretaria de Estado de Educação do Distrito Federal, na cidade satélite de Brazlândia. A partir de uma aula e influência de uma professora de Língua Portuguesa, escreveu os primeiros versos, chegando a participar com sucesso de alguns concursos de poesia, dentre os quais o primeiro “Troféu Candanguinho”, entregue pela Academia Taguatinguense de Letras ­ ATL em 1992. Participou de algumas coletâneas em quatro estados brasileiros, sempre com poesias, a citar: “Mil Poetas Brasileiros” Vol. 30 do Instituto da Poesia Internacional, Porto Alegre­RS, 1994; “Projeto Aluno Escritor – Prêmio Ceilândia”, ASEFE, Brasília­DF, 1994;“Ceilândia In Versos”, Ed. Lustosa, Ceilândia­DF, 1996; “O Labirinto de Espelhos”, Ed. De Leon, Maringá­PR, 2007; “Coletânea Candanga”, Ed. ArtLetras, Ceilândia­DF, 2008; “Livro Diário do Escritor 2011”, Ed. Litteris, Rio de Janeiro­RJ, 2010; “No Silêncio do Voo, Poesia”, Sinpro­DF, Brasília­DF, 2013; “Poesias, Cantos e Encantos”, ALETRAS, Águas Lindas de Goiás, 2013; "Quase Todos Sentimentos em Versos, Ed. Séculos, Brasília­DF, 2014; "Em cantos em versos ­ Coletânea ALETRAS", Ed Art­Letras, Águas Lindas de Goiás, 2016. É acadêmico titular da Academia Aguaslindense de Letras. Participou das atividades da Academia Ceilandense de Letras e Artes Populares até o encerramento das atividades com a publicação da “Coletânea Candanga”. Atualmente integra a equipe do projeto intitulado “Celeiro Literário Brasiliense ­LEIA­ME”, que tem por finalidade incentivar e divulgar a produção literária no Distrito Federal e Entorno. Otimista por natureza, acredita na capacidade do ser humano em superar até os obstáculos mais severos. 

***89. Antonino Vieira Robalo, engenheiro de profissão, é cabo-verdiano e residente na Cidade da Praia,capital de Cabo Verde, signo Virgem (nascido a 5 de setembro), filho de família humilde, mas lutadora. Cedo ingressou no Seminário diocesano de São José na Cidade da Praia, onde estudou 6 anos, continuando no Seminário espiritano do Fraião – Braga donde sairia dois anos mais tarde para em 1975 seguir para os estudos superiores na Ucrânia – ex-URSS obtendo o diploma de master em ciências eletromecânicas em 1981.Tendo exercido o cargo de Diretor das Delegações da Electra na Ilha do Sal 1983-1986) e na Cidade da Praia – Cabo Verde (1986-1990) optou pela vida privada dirigindo uma empresa de instalações elétricas e consultadorias até a presente data. As primeiras frases poéticas de que se lembra apareceram na sétima classe, altura em que iniciava a aprendizagem da literatura portuguesa, em um exercício com o tema à mãe: “…este teu filho cabeçudo / destinado a grande estudo”. Compôs mais tarde alguns poemas que acabaram por desaparecer, mas a partir do ano de 1986, altura em que fez parte de um grupo de jovens que decidiram criar o “Movimento Pró-Cultura” na Cidade da Praia, tendo o poeta Dr. Corsino Fortes como Presidente, retomou o gosto pela composição de poemas, mas com pouca assiduidade. A partir de 2012, incentivado pelos poetas João P. C. Furtado e Arlete Piedade, foi publicando alguns poemas no Facebook na página pessoal, na página ASSOCIAÇÃO INTERNACIONAL DE POETAS PORTUGAL E CABO VERDE e, mais tarde, na página de “POETAS AMIGOS” da poetisa Sandra Fayad Bsb, e, empurrado pelos comentários positivos de alguns leitores foi ganhando coragem para compor mais poemas ao ponto de agora ter um número suficiente para a publicação em um livro, como é o desejo de muitos amigos, tarefa que está na sua agenda para breve. Além de publicações no Facebook participou em duas antologias: ANTOLOGIA DA U.L.L.A.-UNIÃO LUSÓFONA DAS LETRAS E DAS ARTES com o tema “OS AMIGOS” em 2014 sob a direção das poetisas Edyth Teles de Meneses e Arlete Piedade e, em 2015, na ANTOLOGIA “PALAVRAS DA ALMA” sob a direção da poetisa Glória Sofia da Editora Brial . Facebook:

***90. André Prado é professor universitário, poeta e escritor. Conheci o André Prado por volta de 2005/6, quando escrevíamos para o periódico virtual "Jornal Ecos de Literatura Lusófona", editado por Fernando de Oliveira e Vânia Diniz. Depois de algum tempo, o meu amigo André esteve em um Congresso em Brasília. Fez questão de avisar-me e nos encontramos, quando recebi de suas mãos autografado o livro Terra Brasilis.  De brincadeira em brincadeira (eu o chamo de Caçula), de assuntos sérios a assuntos sérios, fomos nos falando ao longo de todos esses anos.  Nascido em 1970 (um pouquinho depois da minha filha), na cidade de Londrina-SP, reside em Lorena-SP desde a juventude. Desenvolve suas funções principais na Escola de Engenharia de Lorena da Universidade de São Paulo (EEL USP). Autor dos romances Alcateia e Terra Brasilis, recebeu prêmios da Litteris Editora em Bienais Internacionais do Livro. Possui poemas classificados em antologias nacionais e internacionais. Atualmente conta com presença em 45 livros de literatura e outras informações podem ser encontradas em www.andreprado.com.br.

***91. Custódia Wolney é formada em Administração de Empresas com especialização em Gestão Cultural e Metodologia do Ensino Superior. Autora dos livros: Kalunga – Uma saga quilombola, Editora Ícone; premiado pela Secretaria de Cultura em 2005 e em 2011 pelo Ministério da Cultura no Projeto de Intercambio Cultural; O preço de um sonho – Os bastidores da construção de Brasília, Editora Logos 3; premiado pela Secretaria de Cultura em 2004; Livro adotado, nos anos de 2010, 2012, 2013  e 2014 no curso “Distrito Federal: Seu Povo, sua História” oferecido pela Escola de Aperfeiçoamento de Profissionais da Educação – EAPE – em parceria com o Instituto Histórico e Geográfico do Distrito Federal.Sombras da Revolta – O despertar dos oprimidos, Editora Livro Pronto; Sina Traçada – A Insurreição dos Malês, Livro inédito, que foi contemplado pelo Prêmio Oliveira Silveira, da Fundação Cultural Palmares e Ministério da Cultura, em 2015. Títulos recebidos:Moção de Louvor da Câmara Legislativa do Distrito Federal em 08 de novembro de 2011;Título de Cidadã Honorária de Taguatinga-DF em outubro de 2011;Título de Acadêmica Benemérita da Academia de Letras de Taguatinga – DF, em dezembro de 2010; Certificado de Agente Cultural da Secretaria de Cultura do Distrito Federal desde 2004; Antologias:Ouro em palavras e Imagens – Academia Internacional de Cultura – AIC; Por um mundo melhor – Academia Internacional de Cultura – AIC  - Primeiro concurso literário Brasil Itália – parceria entre o Comitê de São Paulo e  Rebra – Rede de Escritoras Brasileiras – em processo de edição. Site: www.aromancista.com, Facebook: https://www.facebook.com/custodia.wolney

***92. Alexandre Ribondi nasceu nos anos 50 em Mimoso do Sul, cidade que ele não conhece e que fica nos confins do sul do Espírito Santo. Por ter sido criado em Cachoeiro de Itapemerim (também ES), conheceu a poesia por meio de Newton Braga e Alma Selva - alguns versos desses dois Ribondi repete diariamente, o que faz dele um acumulador de poesia: não joga fora nunca uma frase memorizada.  Ribondi tem romances publicados, mas sua obra de poesia é inédita, ou, se considerarmos que o facebook é um canal de publicação, ele tem sido publicado e lido. Na verdade, Alexandre Ribondi, na sua poesia, é influenciado por tudo: autores, árvores, carros, viagens, paixões (as correspondidas e as ignoradas). Facebook: https://www.facebook.com/alexandre.ribondi

***93. Paccelli José Maracci Zahler é natural de Bagé, RS, e radicado em Brasília, DF, desde 1982. É membro titular da Academia de Letras do Brasil, Seccional Distrito Federal (ALB/DF)(cadeira nº 09, patrono Ernesto Wayne). Foi membro da Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias - ABEPL (cadeira nº 05-DF, Antonio Callado), no período 1998-2007. É membro da Associação Nacional de Escritores - ANE,Associação Gaúcha de Escritores - AGES, da Academia Virtual Brasileira de Letras-AVBL, da International Writers and Artists Association(IWA), Movimento "Poetas del Mundo"(Chile) e World Poets Society (WPS)(Grécia). É o editor da Revista Cerrado Cultural, onde publica trabalhos e entrevistas com outros autores, divulgando-os na mídia ( visite aqui: http://revistacerradocultural.blogspot.com.br/ )

HOMENAGENS RECEBIDAS 
Troféu "Aluno Distinção-1976", conferido pelo Círculo de Pais e Mestres do Colégio N. S. Auxiliadora, Bagé, RS, em 29/11/76 
Medalha Cívico-Cultural do Clube Literário Brasília-1991, em 14/11/91 
Medalha Cultural Revista BRASÍLIA-1992, em 03/07/92 

Medalha Cultural "Enciclopédia Literária", em 13/09/93 
Medalha Cultural Revista BRASÍLIA-1994, em 01/07/94 
Cruz do Mérito Cultural do Clube Literário Brasília, em 20/12/94 
Medalha Cultural Jorn. E. D Almeida Victor, em 15/07/95 
Colar do Mérito Cultural-96, em 05/07/96 
Medalha Cultural Jorn. Hipólito José da Costa, em 03/12/98 

Medalha Cultural - Brasil 500 Anos, Revista BRASÍLIA, 2000
Certificado de “MAESTRO LETTERATO”, 05/10/2001, conferido pela ABEPL 

Medalha do Mérito Presidente Juscelino Kubitscheck, Revista BRASÍLIA, 2002

Medalha do Mérito Acadêmico 2005, Academia Brasileira de Estudos e Pesquisas Literárias - ABPL

Medalha de Honra ao Mérito, Instituto Brasileiro de Culturas Internacionais - InBrasCi, 2008

Escritor Imortal, Cadeira nº 09, patrono Ernesto Wayne, Academia de Letras do Brasil, Seccional Distrito Federal, ALB/DF
Membro Honorário 
Academia de Letras de Uruguaiana 
Academia de Letras da Fronteira Sudoeste do Rio Grande do Sul 
Academia Internacional de Ciências Humanísticas 
Academia Internacional de Letras "3 Fronteiras" 
Academia Internacional de Heráldica e Genealogia 
Academia de Trovadores da Fronteira Sudoeste do Rio Grande do Sul 
Associação Uruguaianense de Escritores e Editores 
Centro de Estudo e Difusão Cultural "Romaguera Correa" 
Clube Internacional da Boa Leitura 
Clube de Poesia de Uruguaiana 
Federação das Entidades Culturais Fronteiristas 
Instituto Histórico e Geográfico de Uruguaiana 
PRÊMIOS LITERÁRIOS 
Crônicas:
 
Destaque Especial - 2o. Concurso Nacional de Crônicas 1992 - Revista BRASÍLIA 
Destaque Especial - 3o. Concurso Nacional de Crônicas 1994 - Revista BRASÍLIA 
Destaque Especial - 4o. Concurso Nacional de Crônicas 1995 - Revista BRASÍLIA 
Medalha de Prata - 10º Concurso Nacional de Crônicas 1998 - Clube Lit. BRASÍLIA 

Destaque, I Concurso Prosa & Verso - Brasil 500 Anos, Jornal IMPRENSA LITERÁRIA, 2000.

Menção Honrosa, Concurso Literário JK, Brasília - 2002, Grupo Brasília de Comunicação Ltda.
Contos: 
Medalha de Bronze - 4o. Concurso Nacional de Contos 1991 - 
Revista BRASÍLIA 
Medalha de Ouro - 5o. Concurso Nacional de Contos 1992 - Revista BRASÍLIA 
Destaque - 6o. Concurso Nacional de Contos 1993 - Revista BRASÍLIA 

Poesias: 
Destaque Especial - 12o. Concurso Nacional de Poesias BRASÍLIA- 1991, Revista BRASÍLIA 
Prêmio de Publicação - 12o. Concurso Raimundo Correa de Poesias- 1991, Editora SHOGUN ARTE, Rio de Janeiro 
Destaque Especial - 13o. Concurso Nacional de Poesias BRASÍLIA- 1992, Revista BRASÍLIA 
Hors Concours - 14o. Concurso Nacional de Poesias BRASÍLIA-1993, Revista BRASÍLIA 

Menção Honrosa, 4º Concurso Nacional de Internacional de Contos e Poesias "Poeta Nuno Álvaro Pereira

Editora Valença S.A., Rio de Janeiro.

Medalha de Bronze, VI Concurso Nacional de Poesias "Poeta Nuno Álvaro Pereira", Editora Valença S.A., Rio de Janeiro.
LIVROS PUBLICADOS: 
1.ZAHLER, P.M., MOTA, F.S. da & AGENDES, M. O. de O. Previsão 
agrometeorológica no controle de doenças e pragas dos vegetais. 
Ministério da Agricultura e da Reforma Agrária, Brasília, 1991. 
60 p. 

2.ZAHLER, P.M. Previsão agrometeorológica no controle de doenças e pragas 
dos vegetais. In: Pessoa, M. de L. (coord.). Telemetria e sensoriamento 
remoto com aplicações na hidrologia e meteorologia. Finep, Curitiba, 
1992. p. 67-71. 
3.ZAHLER, P. M. Amaryllis (poesia). Grupo Brasília de Comunicação Ltda., Brasília, 1993. 44p. 
MOTA, F.S. da & ZAHLER, P.M. Clima, agricultura e pecuária no Rio Grande 
do Sul. Livraria e Editora Mundial, Pelotas, 1994. 180 p

Facebook: https://www.facebook.com/paccelli.m.zahler

***94. José Sóter foi agricultor, catador de ferro velho, floricultor, alfaiate, vendedor de fitas k-7 piratas, professor de Práticas Agrícolas e Extrativismo, produtor e agitador cultural, editor de mimeógrafo a cores, poeta da Geração Mimeógrafo, militante partidário, sindicalista, militante pela democratização das comunicações, lutador pela criação e implantação de rádios comunitárias por todo o Brasil, já lançou vários "livrins" de poesia, gosta de falar poesias em locais públicos, já viajou por todos os estados do país, principalmente para todos os estados do nordeste...JOSÉ SÓTER:www.soterpoesia.blogspot.com  -  www.agenciaabraco.org  - Facebook: https://www.facebook.com/josesoter

***95. Hamilton Silva da Cruz é morador do Guará II no Espaço Atual de Trabalhos artísticos de Publicidade e propaganda visual, Ateliê Hamilton Zen. Nome artístico: Hamilton Zen. Artista Plástico, Diretor de Teatro e Ator. Músico / percussão, baterista e gaita. Poeta da vida. * Ativista cultural no Guará desde 1978 * Ator de teatro do Grupo Coesão de 1985 a 1987 * Diretor de teatro em Goiânia na Universidade Católica e UFG de 1992 a 1993 . * Criador do Grupo de Teatro Divino Espírito Santo religioso, encenando e dirigindo peças de via sacra de 2005 a 2007. * Formou o Grupo de Teatro Revolução na casa da Cultura do Guará aberto a comunidade de 2010 a 2011 e no ano de 2013. * É serígrafo e criador de camisetas, professor e instrutor da arte em pano papel de 1980 a 2016 * Trabalhou no Governo na Gerência de Cultura do Guará (Gestão 2011 a 2013) nomeado como comissionado, e atuou como gerente de cultura e assessoria da cultura pela administração, no Governo Agnelo Queiroz. * Participa de Grupo particular e comunitário de Arte Cultura Social e Lazer Confraria Guará, para pratica de lazer de Rua e Saraus em quadras. * É artista plástico e desenhista. * Participa dos Saraus da Tribo das Artes itinerante, com oficinas de pintura e arte ao vivo (saraus de Ruiter Lima e Miqueias Paz). * Ativista da casa cultural em 1990 na cidade onde se concentrava arte cultura e musica em geral . Vídeo Bar Elo Cultural. * Participou do Conselho de Cultura na gestão passada do governo Agnelo Queiroz...durante 1 ano, depois foi eleito pelo conselho como vice- presidente até 12/06/2016, quando foi extinto para uma nova reestruturação dos conselhos de Cultura em Brasília no Governo Dilma E Rollemberg.  É Conselheiro do Conselho de Cultura do Guará promovido pela Secretaria de Cultura do DF., eleito em 02/07/2016. Contatos: e-mail: experience44@gmail.com / Facebook: https://www.facebook.com/hamilton.zen

***96. Com o título "A tradição e o contemporâneo: as dobras do tempo", o Curador, jornalista, crítico de arte e membro da Associação Internacional de Críticos de Arte, Marcus de Lontra Costa, nos oferece esta bela descrição da obra de  Sanagê  Cardoso: "Sanagê integra um seleto grupo de artistas que considera a história da arte uma fonte fundamental para alimentar e justificar as suas pesquisas estéticas. Morador da capital brasileira, Brasília, repleta de uma iconografia poética e original que caracteriza o modernismo no Brasil, Sanagê convive cotidianamente com as formas ousadas da arquitetura de Niemeyer e a doce e sensível geometria dos painéis de Athos Bulcão. E é a partir dessa referência inicial da paisagem que o artista constrói as suas esculturas. Elas surgem, portanto, do encantamento com a paisagem do cerrado, ampla e horizontal, onde a arte se afirma pelo diálogo do volume com a imensidão do plano. Nasce, portanto, no ato inicial do artista uma inevitável vocação para uma ação definida pelo caráter monumental e pelo espetáculo visual inusitado e surpreendente. Suas esculturas integram uma história recente da arte brasileira no campo da tridimensionalidade, e estabelecem pontos de contato significativos com alguns artistas fundamentais do nosso modernismo como Servulo Esmeraldo e Franz Weissmann, em especial, no que se refere a esse último, naquilo que diz respeito à modulação, à liberdade cromática e, principalmente, à concepção essencial de que o objeto escultórico é uma relação determinada pelos cheios e vazios, pelo espaço que se recria ao ser seccionado, pela forma concreta e pela forma que surge pela ação da arte, a se transformar incessantemente pela sequência dos passos do observador sem abandonar as suas fontes de referência construtivistas, Sanagê não se aprisiona à teorias restritivas nem fórmulas determinadas pela academia e pela zona de conforto. Espírito inquieto e provocador ele dialoga com outras fontes, em especial com a pop arte, e seus novos trabalhos acentuam essa estratégia. A partir da banal e cotidiana imagem dos prendedores de papel, os clipes, ele aumenta as proporções e cria uma sucessão de obras de grande impacto, destacando e catalogando soluções formais obtidas através da dobra desses clipes que reforçam as linhas diagonais e surpreendem pela sua elegância e pela sua capacidade de identificar o elemento original e ao mesmo tempo encantar pela revelação de novos procedimentos criados através da potência regeneradora da ação artística. A série de trabalhos que o artista acaba de expor na Galeria HRocha do Rio de Janeiro acentua a presença de Sanagê no cenário da arte brasileira dos dias atuais e revela um artista em pleno potencial criativo e consciente de seus objetivos conceituais e formais. Tom Coelho é educador, conferencista, escritor com artigos publicados em 17 países, autor e co-autor de diversas obras." Conheço Sanagê desde a década de 70. Posso afirmar que ele é de uma competência admirável, modelo de delicadeza e generosidade. Sempre primou pelos detalhes e na incansável busca da perfeição nas formas e tons.  Quer falar com ele? Seu contato via Facebook é: https://www.facebook.com/sanage.cardoso  

 

 

 

 

 


Publicado por Sandra Fayad Bsb em 18/07/2016 às 11h05
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
15/07/2016 12h22
Minha agenda na 32ª Feira do livro de Brasília

As atividades que programei para a 32ª Feira do Livro de Brasília estão neste pequeno Vídeo: 

https://www.youtube.com/watch?v=507q-kOaiwM

Veja também este sobre o livro "As viagens de Oliva": 

https://www.youtube.com/watch?v=YpH37KI-w6k

Mais agenda: 

Novas atividades na minha Agenda da 32ª Feira do Livro de Brasília:

dia 19, terça-feira,

- das 15 h às 16 h - Contação de Histórias, no Espaço Infantil

- das 16 h às 17 h - Lançamento de Los Viajes de Oliva, no Sindicato dos Escritores do DF

- das 17 h às 18h30 - Coletivo de Poetas, do Celeiro Literário Brasiliense.

dia 21, quinta-feira,

- das 14 h às 15 h - Autógrafo em As Viagens de Oliva, no Sindicato dos Escritores do DF

- das 17 h às 18 h - Contação de Histórias, no Espaço Infantil


 

dia 23, sábado,

- das 17 às 18 h - Sintipismo: Oficina de construção do Poema Síntipo

- das 19h às 20h30 - Coletivo de Poetas do Celeiro Literário Brasiliense.

.


Publicado por Sandra Fayad Bsb em 15/07/2016 às 12h22
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
06/07/2016 16h37
OFICINA DE ESTÍMULO À LEITURA - EDUCAÇÃO AMBIENTAL

 

Eu participarei da 32ª Feira do Livro de Brasília com oficina de Estimulo à Leitura , Educação Ambiental no Espaço de Oficinas 2, no dia 17/07 – das 17 h às 18 h. 


Publicado por Sandra Fayad Bsb em 06/07/2016 às 16h37
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
06/07/2016 16h33
32ª Feira do Livro de Brasília - Autógrafo, Lançamento

Participarei da 32ª Feira do Livro de Brasília com:

a) sessão de autógrafos no livro infanto-juvenil "As Viagens de Oliva", e

b) primeiro lançamento da versão em espanhol de "Los Viajes de Oliva" - Ed. Art Letras,

Dia 17 de julho (domingo),  das 15 h às 16 h – Mesa 3.

Saiba mais sobre este livro aqui : www.sandrafayad.prosaeverso.net e aqui: http://www.sandrafayad.prosaeverso.net/visualizar.php?idt=5283989​

Assista o vídeo de 46¨ abaixo:
https://youtu.be/YpH37KI-w6k

Foto de Sandra Fayad Bsb.


Publicado por Sandra Fayad Bsb em 06/07/2016 às 16h33
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
26/06/2016 13h52
Poetas Amigos 7

***73. Dad Abi Chahine Squarisi é libanesa, mora em Brasília desde 1968. Cursou Letras na UnB (Universidade de Brasília). Fez especialização em Linguística e mestrado em Teoria da Literatura em outras faculdades. Atuante no setor privado de ensino em Brasília, já deu aulas na Universidade Católica de Brasília, e atualmente é professora do "Centro de Ensino Unificado de Brasília" (UniCEUB). Lecionou Língua Portuguesa e Literatura Brasileira em centros de estudos brasileiros no exterior e no Instituto Rio Branco (MRE). Consultora do Senado Federal, redigiu discursos e textos legislativos. É editora do jornal Correio Braziliense, comentarista da TV Brasília, ambos dos Diários Associados, é professora de edição de textos do Centro Universitário de Brasília. Assina a coluna Dicas de Português, publicada em 15 jornais do país. Assina colunas como a Na Ponta da Língua, publicada no suplemento infantil Super, do Correio Braziliense, e Língua Solta, veiculada pelo Correio Braziliense e Estado de Minas. Livros publicados: Dicas da Dad: português com humor (Ed. Contexto, 2003), Mais dicas da Dad: português com hu (Ed. Contexto, 2003), A Arte de Escrever Bem em coautoria com Arlete Salvador (Ed. Contexto, 2004), Deuses e heróis - mitologia para crianças, (LGE, 2004), , em coautoria com Arlete Salvador (Ed.Contexto, 2008). Veja mais: http://blogs.correiobraziliense.com.br/dad/
***74. Raquel Naveira é a poetisa, formada em Letras, detentora de vários prêmios. Foi convidada e aceitou ser a Curadora da 32ª Feira do Livro de Brasília, que ocorrerá no período de 1 a 10 de julho de 2016.
Sobre sua trajetória pessoal e literária indico-lhes a entrevista abaixo, cedida ao Jornal Campo Grande News por ocasião do lançamento da sua obra comemorativa dos trinta anos de literatura, intitulada "Jardim Fechado - Uma antologia poética":
http://www.campograndenews.com.br/lado-b/artes-23-08-2011-08/raquel-naveira-lanca-antologia-poetica-e-comemora-30-anos-de-carreira-nos-versos
***75 . Juvenil Tomás: escritor, palestrante, administrador de empresas (ECT), dedica-se a transmitir conhecimentos e experiências de trazem benefícios à saúde mental e emocional dos leitores. "Meu Ser são minhas emoções, mas também é minha consciência". Facebook: https://www.facebook.com/juvenil.tomas Mandou isto pra eu ler e
resumir: http://juveniltomas.blogspot.com.br/p/alem-dos-limites-da-carne-na-obra.html

***76. Gustavo Dourado é poeta, escritor, cordelista, professor, pesquisador. Autor de 15 livros publicados e cordéis diversos sobre temas variados, sua obra tem sido objeto de teses de mestrado e de doutorado em universidades no Brasil e no Exterior. Nasceu em Recife dos Cardosos, Ibititá, Chapada Diamantina – Bahia. Reside em Brasília há 40 anos. Casado com a jornalista e escritora Maria Félix Fontele, pais de três filhos. É Cidadão Honorário de Brasília. Membro do Coletivo de Poetas e do Instituto Histórico e Geográfico do DF. Presidiu o Sindicato dos Escritores do Distrito Federal. Presidente da Academia Taguatinguense de Letras, dirige o Jornal Alternativus. Participou de inúmeros saraus e recitais poéticos-musicais no Teatro Nacional, na Secretaria de Educação, na UnB, na Feira do Livro de Brasília, na Bienal do Livro, no T-Bone, na Biblioteca Demonstrativa e em diversos espaços culturais e escolas. Conquistou premiação em concursos literários no Brasil e no exterior. Teve o seu trabalho selecionado e recomendado pela Unesco. Mantém o portal Gustavo Dourado www.gustavodourado.com.br. Saiba mais: https://www.facebook.com/fgcdouradodf e também aqui: http://viafanzine.jor.br/site_vf/pag/8/entrevista8_1.htm http://www.culturaalternativa.com.br/literatura/materias/item/4064-exclusivo-entrevista-com-gustavo-dourado

***77. Verônica Saiki (Very) - Brasiliense, artista plástica e designer gráfico editorial, atua em diversas áreas nos campos de suas formações com destaque para ilustração, escultura e quadrinhos. Recentemente participou no livro "85 vezes Silvio Santos", e nas exposições em SP "Batom, Lápis e TPM" e " A Turma do Chaves" e lançou seu 1o livro em quadrinhos, intitulado "Verdugo o inacreditável - Procurados". www.veronicasaiki.com.br - www.verdugooinacreditavel.com.br veryunica@yahoo.com.br . Facebook: https://www.facebook.com/veronica.saiki

***78. Silvestre Gorgulho: É jornalista, trabalhou na Embrapa, frequentou a Universidade Federal de Minhas Gerais, foi Secretário de Comunicação -1985/1988 e Secretário de Estado de Cultura (2007 a 2010) do Governo do Distrito Federal. Gosta de ler, decorar e se aventurar no mundo da poesia. Coordenou a equipe de jornalistas que fez o primeiro jornal ambiental da América Latina - a "Folha do Meio
Ambiente". Foi repórter da Revista Veja, colunista do Jornal de Brasília. Amigo de Niemeyer desde a década de 1980, Silvestre Gorgulho foi até a casa do arquiteto para receber de suas mãos o projeto da Torre Digital de Brasília, o mais novo monumento turístico da cidade . Agora quer tombar o Céu de Brasília, registrando-o como bem cultural nos livros de Tombo do Iphan. " Tombar é também proteger, defender e preservar para não se perder nunca. " (ver mais aqui: http://www.hamiltondeholanda.com/blog/2014/04/entrevista-silvestre-gorgulhoex-secretario-de-cultura-do-df-a-queima-roupa/). Os bastidores e toda a história da construção da Torre de TV Digital são relatados no livro "A Flor do Cerrado", do jornalista e ex-secretário de Cultura, Silvestre Gorgulho. São 240 páginas, recheadas de fotos e com homenagens a Brasília ou a Oscar Niemeyer na abertura de cada capítulo. A Torre Digital é a mais recente criação do arquiteto para a capital. O livro é bilingue e tem tiragem de 7 mil exemplares, 10 deles em braile. No convite que recebi para o lançamento em um luau, sexta-feira, 31 de agosto de 2012, regado a bandolins, serestas e dança aérea contemporânea nas asas da nova Torre Digital de Brasília, o jornalista poetizou: "Subi os 688 degraus desta Torre em meio a esperanças, angústias, alegrias e tristezas. Quando desci, aprendi que a vida só vale pelas oportunidades de fazer amigos a cada degrau. Silvestre Gorgulho". Sua página no Facebook é: https://www.facebook.com/silvestre.gorgulho

***79. Nascido a 18 de março de 1946, em Alto Rio Doce, Minas Gerais, José Fernandes é Graduado em Letras pela Pontifícia Universidade Católica do Paraná, Mestre em Letras pela Universidade Federal de Santa Catarina e Doutor em Letras pela Universidade Federal do Rio de Janeiro. Foi Professor da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, de 1973 a 1983, e da Universidade Federal de Goiás, de 1983 a 1995, quando se aposentou. Atualmente, é docente da Universidade Salgado de Oliveira – UNIVERSO. Pronunciou centenas de conferências no país e no exterior. Publicou, além de inúmeros artigos em revistas nacionais e estrangeiras, os livros A polifonia do verso (1978) e Lendas terena e kadwéu (1981) em co-autoria com Orlando Antunes Batista. Depois vieram O poeta da linguagem (1983), O poeta do pantanal (1984), O existencialismo na ficção brasileira (1986), que recebeu os prêmios Silvio Romero, da Academia Brasileira de Letras, e Instituto Nacional do Livro; A loucura da palavra (1987), Dimensões da literatura goiana (1992), Prêmio José Décio Filho; Potocas de sempre, em co-autoria
com Judite Miranda; O poema visual, Vozes, 1996; Técnicas de estudo e pesquisa, Kelps, 1999 e 2000, 2001, 2002, Assombramentos, Kelps, 1999; Cicatrizes para afagos, Kelps, 2002; Contos escolhidos de David Gonçalves, Joinville, SucessoPocket, 2003. Pertence a várias associações culturais, destacando-se a Academia Goiana de Letras, União Brasileira de Escritores, seção de Goiás, e a APSA, American Portugueses Studies Association. Facebook:
***80. Naida Terra assim se define: "Nasci em São Paulo e resido na cidade de Osasco desde então.Venho de uma família muito humilde e as lutas e batalhas sempre foram um processo individual, estudar e trabalhar sempre... Por força da necessidade e já empregada na área administrativa, fiz administração e contabilidade. Minha paixão sempre foi a arte, música, esculturas, mosaicos, poesias e, hoje aposentada, posso me dedicar. Com mais atenção e dedicação às minhas paixxteriorões.Poetar... escrever, o faço desde o colégio, acentuando muito minha inspiração após o falecimento do meu marido. Tenho adoração, escrevi duas peças teatrais para crianças na época e mais adiante, participações em várias antologias e alguns e-books... Sou uma pessoa muito simples, adoro o campo, venero a natureza e Deus é a minha religião... Sou extremamente sensível, sou da paz e desconheço se tenho inimigos, mas tenho muitos amigos graças a Deus...Sou associada de alguns grupos de literatura poética e adoro participar...Minha reputação na NET é digna. Ignoro pessoas racistas e que falam alto.Meus companheiros são os livros, adoro ler...Sou uma mulher apaixonada pela vida e, sem a poesia, não me completo como gente, viúva a 12 anos de um homem maravilhoso(era sociólogo e um adorador das artes...)Tenho dois filhos, Gustavo 33 anos e Júlia Gabriela 30 anos, ambos casados. Uma netinha linda, Sofia que trouxe alegria a minha vida. Somos uma família muito feliz graças a Deus e, a arte é a minha companheira fiel..." Facebook: https://www.facebook.com/Naiterra
***81. Maysa Samira Abrão assim se define: " - Nasci em Catalão, Goiás, onde resido até hoje. Filha do músico desta terra, João Abrão (in memoriam) e da pioneira na arte de fabricar pães sírios, Édima Abrão, cresci no berço musical, sendo afilhada de Altemar Dutra (in memoriam). Venho de uma família tradicional, onde meu bisavô, Calixto Elias Salomão, pai de minha avó, Samira Calixto, foi o primeiro imigrante árabe a fixar residência em Catalão. Também sou neta de Nicolau Abrão, Cira Machado e Sebastião Pinto, todos in memoriam.
Sou formada em Administração de Empresas pelo CESUC, mas o destino me levou para a profissão repórter. Com isso, trabalhei sete anos na Revista Portal VIP, de minha cidade, onde descobri que minha verdadeira paixão sempre foi e sempre será a cultura brasileira. Amo fotografar tudo que é ligado à cultura e baseado nisso, em novembro de 2015, surgiu o Blog da Maysa Abrão. A intenção inicial era dar espaço a cena alternativa das Congadas, mas no decorrer de nossas atividades, sentimos necessidade de agregar outras temáticas que englobam a cultura em si. Com isso, fomos abrindo espaço para noticias sobre Literatura, Hip Hop, Balé, Dança, Capoeira, Cinema, Fotografia, Teatro, Circo, Cultura Popular, Artes Plásticas, Exposições, Esportes e outros. Hoje, criamos segmentos para tornar o conteúdo dinâmico, ou seja, entre as seções o leitor encontra entrevistas, coberturas de shows, festivais e protestos, resenhas, galerias de fotos, lançamentos de bandas, duplas sertanejas, bem como toda uma cultura mundial. O conteúdo elaborado é apresentado ao visitante com qualidade e profissionalismo, onde textos ou agendas são checados com a produção dos eventos ou assessorias, sempre. Acreditamos que trabalhando deste jeito conquistamos uma credibilidade com os leitores que sempre voltam a nos visitar. Amo o que faço e escrever sobre o passado, desvendar culturas e registrar para que outros possam saber me fascina. Estudiosa das Congadas, tema ao qual me dedico há oito (8) anos, 2016 marcará o passo virtual de muitos ternos brasileiros, sempre fotografados por mim, num formato diferenciado, tanto em áudios, vídeos e fotos. Sou uma pessoa do bem, amiga, que adora estar com pessoas seja na zona rural, no campo, na montanha ou na praia. Sou apaixonada pela natureza e apaixonada pela lua, paixão essa que me fez batizar minha única filha, de 18 anos, de BADRA (Lua Cheia em Árabe). Também sou fascinada por igrejas e apaixonada pelo povo afro-brasileiro, o qual sempre procuro estar junto, pois me faz bem sua cultura e sabedoria. Amo idoso, pois sempre têm belas historias para contar e ensinar, sendo sempre exemplo de vida para muitos. Amo minha mãe, Édima Abrão, meu irmão Danilo Abrão e meus sobrinhos, Maria Fernanda e João Abrão. Minha família se tornou pequena, mas o pouco que tenho é meu maior tesouro. Abraços a todos e me visitem: http://www.maysabrao.com.br/"
***82. Rosalie Gallo y Sanches é poetisa, premiada na Europa e Secretária do Premio Nósside para o Brasil. O PRÊMIO NÓSSIDE DE POESIA, foi fundado em 1983 e dedicado à poetisa NÓSSIDE DE LOCRI, do século III a.C., em Régio Calábria – ITÁLIA. O Projeto tem a participação anual de poetas de todas as partes do mundo em 97
países e 120 idiomas e vive, exclusivamente, sobre a total gratuidade dos compromissos dos dirigentes, colaboradores e componentes do Juri. Saiba mais sobre o Prêmio Nossside de Poesia aqui: http://www.nosside.org/index.php/homepage.html Facebook: https://www.facebook.com/rosalie.gallo
***83. Maria Fonseca é poetisa portuguesa. Sobre ela, apresentamos-lhes sua definição: "Sou natural de Lisboa, nascida de pai português e mãe alemã. Embora toda a minha vida tenha sido dedicada à profissão, engenheira químico-industrial, que exerci especialmente no meu país e no Brasil, tive sempre especial apreço pela poesia em língua portuguesa devido à influência que o meu pai exerceu em mim - ele viveu numa época brilhante das letras nestes dois países irmãos. Desde jovem gostei de ler e sonhava poder ter oportunidade de escrever. Mas só após a aposentação comecei a dedicar-me às letras - tirei um curso de literatura portuguesa e um segundo de arte poética. A vocação baseada nos clássicos tem também sido influenciada pela minha fé católica que sempre me tem acompanhado desde a mais tenra idade. Tenho escrito poemas para a Revista Família Cristã, participando também em Antologias e Revistas de outras Associações Católicas. Em 2012 escrevi o livro CONVITE À ORAÇÃO, publicado na Amazon. Em Junho do mesmo ano recebi o 2º prémio de poesia lírica no 2º Concurso Literário da Academia do Centro Social Paroquial de Olivais Sul, Lisboa. Na Internet tenho grandes amigos que se prontificaram a publicar os meus escritos, divulgando-os em blogues, sites, portais, etc. Não posso deixar de destacar as amigas de longa data, Ilona Bastos, Denise Severgnini, Efigénia Coutinho, Grace Spiller, Arlete Piedade e também o Site da Magriça e o Jornal Raizonline.Act ualmente sou membro-efectivo da AVSPE - Academia Virtual da Sala de Poetas e Escritores Efigênia Coutinho, onde também possuo um site da minha autoria. Mantenho o meu blogue Poesia da Natureza desde 2010.Sou muito grata aos poetas Pinhal Dias e São Tomé por me terem aceitado como confrade da poesia e agradeço à poetisa amiga Carmo Vasconcelos e ao prezado amigo Henrique L. Ramalho por sempre me convidarem para participar nas extraordinárias Antologias que preparam. E espero continuar a versejar enquanto o Senhor me conservar essa faculdade conforme escrevi neste meu poema: INSPIRAÇÃO Se Deus também me deu este talento,
Eu projecto no Céu todo o meu ser, Para O adorar e Lhe agradecer, Cantando alegre o Sol, o mar, o vento… E as minhas rimas nascem inspiradas Na Obra Viva da Sua Criação, Como flores simples, em oração, Nas bermas do caminho despontadas. A divina centelha, que é minha alma, Louvá-Lo-á por toda a Eternidade, Na alegria, na dor e na Verdade. Mas se algum dia, o meu condão se acalma, Prostrar-me-ei com toda a humildade, Porque vem de Deus, é Sua Vontade. (Lisboa-Portugal) "

***84. Luiz Alberto Machado - Músico, compositor, poeta, promotor cultural. Mora em Maceió (Alagoas). Eu o conheci através do seu belo trabalho em Blog, Rádio e outras publicações. Depois eu o abracei na Feira Internacional do Livro de Maceió, onde trocamos livros. Mas há muito mais para contar. Por esta razão , peço sua atenção para ler e ouvir o que ele mesmo tem a nos mostrar aqui: http://blogdotataritaritata.blogspot.com.br/2006/09/polticos-do-brasil.html?spref=fb . Facebook: https://www.facebook.com/luiz.a.machado


Publicado por Sandra Fayad Bsb em 26/06/2016 às 13h52
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 4 de 63 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 » [«anterior] [próxima»]

Los Viajes de Oliva Sandra Fayad Bsb R$35,00
AS VIAGENS DE OLIVA Sandra Fayad Bsb R$35,00
HISTÓRIAS DE JORGE, O BATUTA Sandra Fayad Bsb R$35,00
ANIMAIS QUE PLANTAM GENTE (DISPONÍVEL... Sandra Fayad Bsb R$35,00
Cerrado Capital, A Vida em Duas Estações Sandra Fayad Bsb R$29,00
POEMAS SÍNTIPOS Sandra Fayad Bsb R$29,00
Antologia del XXVIII Premio Mondiale de Poesi... Sandra Fayad Bsb, Pasquale Amato, Emilia Fragomeni R$1,00
3ª COLETÂNEA POÉTICA DO GUARÁ Autores diversos R$1,00
ASAS,EIXOS E VERSOS Autores diversos R$1,00
BRASÍLIA É UMA FESTA Autores diversos R$1,00
2ª COLETÂNEA POÉTICA DO GUARÁ Autores diversos R$1,00
AL SUNUNU Sandra Fayad Bsb, Fairouz Elias, Edith Chahin R$1,00
Antologia Poesia Falada Geraldo Coelho Vaz - ... Sandra Fayad Bsb, Al-chaer e outros R$1,00
Antologia Poesia Falada José Mendonça Teles Sandra Fayad Bsb, Israel Angelo Pereira e outros R$1,00
Anuário Brasileiro - 10ª Edi&cced... Sandra Fayad Bsb, Paulo Fayad, Outros R$10,00
Anuário Brasileiro de Economia & Turismo 11ª ... Sandra Fayad Bsb, Autoridades do Governo Federal, Autoridades do GDF R$14,00
Anuário Brasileiro de Economia e Turismo -12ª... Sandra Fayad Bsb, Presidente Luiz Inácio Lula da Silva e outros R$19,00
Antologia de Escritores Brasileiros (ESGOTAD... Sandra Fayad Bsb, Ricardo Benedictis, Outros R$20,00
COLETÂNEA CANDANGA (3 Exemplares) Sandra Fayad Bsb, Manoel Jevan R$20,00
Coletânea Poética do Guará Sandra Fayad Bsb, Adilson Cordeiro Didi, Outros R$1,00