Sandra Fayad Bsb
Proseando em versos
CapaCapa Meu DiárioMeu Diário TextosTextos ÁudiosÁudios E-booksE-books FotosFotos PerfilPerfil Livros à VendaLivros à Venda PrêmiosPrêmios Livro de VisitasLivro de Visitas ContatoContato LinksLinks
Textos

RECEBENDO DOIS MIL E DEZOITO
Por Sandra Fayad
Escrevo "FIM" na agenda antiga
A nova lembra caderninho escolar,
primeiro dia de aula.
Do horizonte vem chegando o peregrino
-Olá, bom-dia!
Senta aí, Dois Mil e Dezoito!
Não carece estar afoito.
Como manda a tradição,
pra ter sorte come lentilha.
Por sobremesa teremos...
sorvete de baunilha!
Mas não te avexa não.
O mundo, se depender dos poderosos, continuará igual;
se depender dos esperançosos, lutará por transformações;
se depender da natureza, fará brotar da terra nova cartilha,
destruirá muros e barreiras, construirá pontes e planícies.
Se depender de cardumes, bandos, matilhas,
levará multidões a refletir sobre suas crendices e ambição.
A Terra, Dois Mil e Dezoito,  poderá  ser a casa de todos...
alicerçada na Paz.
Basta que o "Homo" reduza seu apetite voraz.
Bsb, 25-12-2017

 
Sandra Fayad Bsb
Enviado por Sandra Fayad Bsb em 25/12/2017
Alterado em 28/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários